O primeiro jogador do baleia azul – e como ele saiu com vida.


Aqui está o seu primeiro desafio: ler este texto até o final, mesmo que corte a sua alma.

Sua vida tem sentido? Ou você se sente perdido no mar turbulento desta vida? Você até pensou: “ninguém se importa mesmo, então qual o problema de eu jogar o #baleiaazul?”.

Bom, deixe-me contar a história do primeiro jogador do #i_am_whale. Ele o jogou da forma mais radical possível: ele foi engolido vivo por, bem, possivelmente, uma baleia.
Esta é a história de Jonas. Ele vivia sua vida até que recebeu uma mensagem de Deus. Parece empolgante, não? Não para Jonas. Ele não queria fazer aquilo. Então, ele pega um barco na direção oposta e busca se afastar de Deus o máximo possível.

Só que isso é impossível! Deus está em todos os lugares. O que Jonas talvez não esperasse é que Deus iria frustrar totalmente os seus planos. No meio da viagem, começou uma forte tempestade e o barco estava quase virando. Jonas sabia que a culpa era dele e avisou aos seus companheiros de viagem. Como eles não queriam morrer, acabaram jogando Jonas no mar (você deve saber como é essa sensação… de ser jogado para longe pelos outros). Daí, Deus manda então um grande peixe engolir Jonas.

Ele passa três dias e três noites lá. Mas a história continua:

“Lá de dentro do peixe, Jonas orou ao Senhor, ao seu Deus. Ele disse: ‘Em meu desespero clamei ao Senhor, e ele me respondeu. Do ventre da morte gritei por socorro, e ouviste o meu clamor. […] Mas tu trouxeste a minha vida de volta da cova, ó Senhor meu Deus! Quando a minha vida já se apagava, eu me lembrei de ti, Senhor, e a minha oração subiu a ti… A salvação vem do Senhor.” (Jonas 2, NVI)

Jonas então orou a Deus e descobriu que a salvação daquela situação de morte vinha de Deus.

Talvez a sua situação não seja tão diferente.

Deus lhe deu vida para que você pudesse viver em uma empolgante intimidade com ele. Compartilhando cada alegria e todo o seu amor com ele. Mas você, como Jonas, tem se afastado de Deus. E quando saímos da luz, entramos nas trevas. Se você se afasta de Deus que é a fonte de vida, o que sobra além de morte? Não é assim que você se sente? Morto por dentro, perdido nas trevas?

Mas já vou avisando. Suicídio não vai aliviar a sua dor. Suicídio é ilusão, pois essa vida não acaba aqui. A pior coisa que alguém que está se afastando de Deus pode fazer é se matar. Ele pensa que o suicídio vai aliviar a sua dor, mas não vai. Não alivia nada! Só piora, pois essa pessoa vai enfrentar uma eternidade inteira de sofrimento. É isso que a rebeldia contra o Deus da Vida traz. Deus é bom e justo e, se ele não condenar aquilo que é mau e injusto, ele é que vai ser mau e injusto.

Então, qual é a resposta? Bom, aqui está a boa notícia: Jonas, na cova, descobriu que a salvação vinha de Deus. E é isso o que você precisa descobrir. Vou falar o que Deus fez para trazer salvação para sua vida.

Outra pessoa na Bíblia fala sobre esse episódio de Jonas, dizendo que ele passaria três dias no coração da terra (Mt 12.40): Jesus Cristo. Deus poderia entregar todos nós à morte, mas, por seu grande amor, ele providenciou alguém que encarou o sepulcro da morte que pertencia a você. Ele entregou seu próprio Filho!

Isso é amor! Eles viviam em um relacionamento perfeito, transbordante em amor – diferente de muitas de nossas famílias. Porém, por sua grande misericórdia, Deus enviou o seu Filho para viver entre nós, caminhar uma vida perfeita e entregar a própria vida na cruz. Lá, naquela morte sangrenta, Jesus tomou a punição de todo aquele que se arrepender de sua rebelião e confiar nele para a salvação.

A história não acaba na morte. Assim como Jonas, depois de três dias, Deus ressuscitou seu Filho e o tirou do sepulcro da morte. Essa é uma verdadeira vitória sobre o sofrimento e a morte! E Jesus oferece essa vida para você.

Então, aqui está o seu segundo desafio: abandone sua rebelião contra Deus, olhe para Jesus naquela cruz dando a vida dele por você e creia que a vida, a morte e a ressurreição dele são suficientes para salvar você. Entregue o seu coração a Deus, a fonte da vida, e você vai sentir ele bater novamente. E saiba, você não precisa fazer nada para merecer a vida. Jesus a oferece a você se confiar nele.

Se você quiser mais ajuda, entre em contato conosco ou procure uma igreja perto de você, um lugar com outras pessoas que encontraram essa vida que Jesus oferece.

Embora tenhamos sofrimentos nesta vida, Jesus nos livra da morte eterna e nos promete que um dia Deus “enxugará dos [nossos] olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou” (Ap 21.4).

Por: Vinicius Musselman Pimental


Original: O primeiro jogador do #i_am_whale – e como ele saiu com vida. © Ministério Fiel. Website: MinisterioFiel.com.br. Todos os direitos reservados. Revisão: Renata Cavalcante.

Vinícius Musselman Pimentel é formado em engenharia química pela UNICAMP e graduando em Teologia pelo Seminário Martin Bucer. Em 2008, fundou o blog Voltemos ao Evangelho ao conhecer a doutrina reformada e ser confrontado com a dura realidade teológica do Brasil. Atualmente, trabalha como Editor Online no Ministério Fiel. Vinícius é casado com Aline e vive em São José dos Campos/SP.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes