A independência de Deus.


O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, e a respiração, e todas as coisas. Atos 17.24-25

Deus é independente de tudo. E como diz Lucas em Atos: não necessita de coisa alguma. Esta verdade leva o homem à conclusão que se Deus é independente o homem é dependente, pois Deus é criador e o homem criatura. Isto honra a Deus glorificando-O e alegrando-O. Agora veremos como é a independência de Deus.
1. DEUS É INDEPENDENTE EM SUA EXISTÊNCIA

Deus não tem origem, por isso, não foi criado. Tudo o que tem origem, teve começo, tem meio e terá fim. Ele é auto-existente, ou seja, existe em si mesmo. Deus sempre existiu e sempre existirá. Deus é absoluto.

De eternidade a eternidade Ele é Deus. Sl 90.2. Não houve tempo em que Deus não existiu e muito menos haverá tempo em que deixará de existir. Ele é eterno. Depois que todas as coisas passarem, Ele permanecerá, pois as coisas criadas existem, mas Deus é.

Outra marca da independência e auto-existência de Deus é que Ele é criador. Como criador é diferente das coisas criadas. Rm 11.36, Ap 4.11. Ele não foi causado por nada e, por isso, é independente e livre.

2. DEUS É INDEPENDENTE EM SUA SUFICIÊNCIA

Deus é suficiente e pleno. Deus não precisa de nada para existir, por isso é autossuficiente. Na eternidade, Deus já era satisfeito e pleno porque vivia em uma comunhão de amor com o Deus Filho e o Deus Espírito Santo, não precisando de mais nada e ninguém.

O Pai, o Filho e o Espírito Santo já eram glorificados com a glória que existia neles. Jesus quando estava na terra, pediu ao Pai que o glorificasse com aquela glória que tinha com Ele antes da criação. Jo 17.5

Quem é o tolo que acredita que pode dar primeiro a Deus, para que seja recompensado? Deus desde a eternidade já era satisfeito em si mesmo. Plenitude perfeita. Recompensado por si mesmo. A luz e as trevas. O dia e a noite. As águas e o firmamento/céu. Tarde e a manhã. A parte seca e a vegetação. Os luminares e as estrelas. Os seres vivos do mar e do céu. O homem à Sua imagem, conforme a Sua semelhança. Os anjos. Tudo foi criado segundo o conselho de Sua vontade. Tudo quanto Deus fez ficou bom. Tudo quanto ficou bom não foi para satisfazê-lo, supri-lo, ou porque estava sozinho, mas foi para demonstrar a Sua Graça. Jó 41.11, Rm 11.35

Deus não precisa que os serafins em adoração O chamem de Santo, santo, santo. Is 6.2,3. Deus não precisa que a os céus em adoração manifestem a Sua Glória e o firmamento anunciem as obras de Suas mãos. Sl 19.1. Deus não precisa que o homem O adore, apesar de procurar verdadeiros adoradores. Jo 4,23,24

3. A INDEPENDÊNCIA DE DEUS E A ADORAÇÃO

Acabamos de aprender que Deus não precisa da adoração dos anjos, da criação e do homem. Porém, como tudo depende dele para viver, a criação responde o cuidado e a providência de Deus com adoração.

A criação é importante para Deus, mesmo não sendo necessária para Ele. A criação deve adoração a Deus porque foi criada para Sua glória. Is 43.7, Ef 1.11, Ap 4.11. Quando a criação honra a Deus em adoração sincera, Ele se deleita em alegria nesta atitude. Sf 3.17

Deus é independente em Sua existência e em sua suficiência. Deus é independente em Seu amor e Glória. Não recebe nada de ninguém, mas a todos dá o Seu amor e Sua provisão.

No entanto, mesmo vivendo em absoluta independência, o Senhor deseja que a sua criação o adore.

A qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso Senhor, Rei dos reis e Senhor dos senhores; Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém. 1 Timóteo 6.15-16 

CONCLUSÃO

A visão de Deus como independente leva o homem a discernir que não é necessário ao Eterno, porém, a depender cada dia mais Dele, adorá-Lo em espírito e em verdade diante da beleza de Sua santidade.

Porque dEle e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente. Amém.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes