Thalles Roberto lança Bíblia própria em parceria com a SBB e é criticado: “Piada”.


A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) lançou a Bíblia “ID3”, de Thalles Roberto, com as composições, testemunho e ministrações do cantor, e a iniciativa gerou enorme polêmica nas redes sociais.

O cantor apresenta a iniciativa como uma tentativa de alcançar os jovens que não são atraídos naturalmente pela leitura: “O jovem não lê Bíblia. O jovem gosta de música, gosta de louvor, de pular, de gritar, de celebrar. Mas muitos jovens têm dificuldade de ter consistência no relacionamento com Deus”, disse Thalles.

“Eu não quero obrigar ninguém a comprar a Bíblia do Thalles, mas Deus me deu uma influência. O meu Facebook está entre os maiores do País. Eu quero influenciar os jovens a ler a Bíblia, foi por isso que coloquei meu nome aqui”, acrescentou o cantor, frisando que seu objetivo “não é vender Bíblias”.

No entanto, muitos internautas receberam a “bíblia do Thalles” com desconfiança: “Se o objetivo não é vendas de Bíblia então doe para os jovens ao invés de vender”, disse um internauta.

Outro usuário já preferiu destacar a característica da Bíblia “ID3”, que traz a história do cantor antes do livro de Gênesis: “Antes de conhecer Deus tem que conhecer o Thalles… Piada!!! Realmente jovem não lê a Biblia por influência de pessoas como você, que leva eles a apenas pular, gritar e achar que estão no Espírito com músicas que nada cooperam com o Reino”, criticou.

Houve quem não comprou o argumento de Thalles para a criação da versão “ID3”: “Estratégia para ser mais rico e influente. Só esqueceu de se humilhar e elevar o Reino de Deus! A palavra de Deus é eficiente por ela mesmo. Ou Jesus não sabia evangelizar?”, questionou.

Dentre os que apoiaram a iniciativa, a principal defesa foi o argumento de que não se deve julgar: “Deus nos usa de diversas maneiras e cabe a Ele decidir e não a nós jugar! Creio que muitos jovens irão se interessar, adquirir esta Bíblia e acabarão lendo a Palavra, devemos ser testemunhas de Cristo e é o que foi feito nesta Bíblia colocado os testemunhos, ao invés de criticar devemos é fazer algo!”, opinou o usuário.

Assista ao vídeo que Thalles gravou apresentando a Bíblia “ID3”:


Thalles e Lutero

A parceria entre a SBB e o cantor foi comentada por blogueiros de apologética e largamente criticada, pois o histórico de Thalles Roberto com produtos licenciados é vasto: “O cantor que já usou a sua ‘estratégia’ na gravação de DVDs, realização de centenas de shows, na confecção do bonequinho de si mesmo, de bermudas, blusas, tênis, pulseiras, capas para celulares, agora investe na sua Bíblia Apostólica IDE. – Bíblia? Sim. Isso mesmo! […] Nunca ninguém expandiu tão bombasticamente o selo de si mesmo por estratégia em favor das almas perdidas, por mais que isso tenha lhe custado alguns zeros a mais em sua conta bancária”, escreveu Antognoni Misael, professor de história e música.

Já o pastor Renato Vargens, líder da Igreja Cristã da Aliança, em Niterói (RJ), partiu para o exercício criativo e sugeriu um diálogo entre o reformador Martinho Lutero e o cantor gospel, que seria possibilitado por uma “máquina do tempo”. Confira o divertido diálogo:

“Lutero adentrou à Máquina do Tempo, partindo para a cidade do Rio de Janeiro, no ano de 2015. Ao chegar à capital Fluminense, Lutero foi recebido pelo famoso cantor gospel Thalles Roberto. Thalles ao ver o alemão disse:

-Grande Lutero, tenho ouvido falar muito de você! Você é o cara brother, tenho até pensado em compor uma canção em sua homenagem. Já tenho até uma ideia na cabeça.

Lutero, sem entender nada, perguntou ao seu anfitrião:

-O Senhor é? Seu nome mesmo?

Thalles respondeu dizendo:

-Como é que é? Você não sabe quem eu sou? Eu sou o Thalles Roberto, cantor gospel, um dos caras de maior visibilidade no Brasil e no Facebook. Na verdade eu to bombando! Minhas músicas são muito boas, a galera se amarra, inclusive os não crentes. Aliás, eu tive uma ideia fantástica!

-Que ideia? Perguntou Lutero.

-Vou ter uma Bíblia de estudo. Aliás, Lutero, você não traduziu as Escrituras para o alemão? Perguntou o cantor.

-Sim – respondeu o reformador – Você pretende traduzir uma também? Inquiriu Martinho.

-Claro que não, eu vou fazer bem mais que isso. O que adianta dar a Bíblia pro povo ler se o povo nao vai entendê-la?

-Como assim? Perguntou Lutero.

-Ooooooo alemão presta atenção. Eu vou botar um encarte na Bíblia com meus shows, fotos, minha relação com a Bíblia e outras coisas mais. A galera vai se amarrar e se converter a Deus.

-Como assim? Perguntou Lutero. -O que leva uma pessoa a Cristo é a pregação da Palavra através da exposição das Escrituras que mediante a ação do Espirito Santo salva o pecador. 

-Ooooooo alemão, tu não tá entendendo. Os dias de hoje são outros. O povo precisa de uma ajudinha pra ser salvo. Tem que rolar algo diferente, sacou? Alemão, presta atenção e entenda uma coisa: a minha Bíblia terá o meu testemunho, eu que sou o maior fenômeno da música gospel da atualidade, isso sem falar nas composições, ministrações e revelações que tive, vai bombar mano!

Lutero, aborrecido com que ouvia, tentava argumentar, mas Thalles, ignorava o reformador cantarolando “Filho meu”… Vendo que não podia fazer mais nada, Lutero se retirou triste de volta a máquina do tempo”.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Mentira eu me converti aos 12 anos de idade e tenho 31 anos hoje sempre amei a leitura da palavra na verdade, na verdade ele está rotulando os seus fãs isso não quer dizer que todos são iguais ainda tem uma geração de jovens que amam a palavra sem precisar de fanfarão que se engrandece usando a palavra que dizer que pra conhecer Deus tem conhecer o homem porque tem fama então ele nunca leu a palavra que diz "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertara".

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes