Casamento faz bem ao coração, diz estudo.

Estar casado pode diminuir as chances de desenvolver problemas cardiovasculares, segundo uma pesquisa apresentada em Washigton, nos Estados Unidos, durante uma conferência de cardiologistas.

O autor do estudo é doutor Carlos Alviar, cardiologista do Langone Medical Center da Universidade de Nova York. De acordo com ele solteiros, divorciados e viúvos têm maiores chances de ter problemas cardiovasculares.
“Esses resultados certamente não devem levar as pessoas a se casar, mas é importante saber que as decisões sobre com quem você está, por que e por que não, podem ter implicações importantes para a saúde vascular”, disse.

Para chegar nessas conclusões foram entrevistados 3,5 milhões de americanos e o resultado mostra que casados tem 5% menos chances de desenvolver qualquer doença cardiovascular em comparação com solteiros.

Divorciados estão no grupo de risco apresentando maior probabilidade de desenvolver doenças vasculares como aneurisma da aorta abdominal, acidente vascular cerebral (AVC) e doença arterial coronariana.

Os viúvos que foram pesquisados se mostraram com mais probabilidades de sofrer doenças vasculares e arterial coronariana em comparação com solteiros, casados e divorciados.

Além do estado civil, o estudo mostra que há outros fatores que comprometem a saúde, como explica a doutora Suzanne Steinbaum, diretora do hospital Lenox Hill de Nova York.

“O estudo mostra que outros fatores de risco, como tabagismo, obesidade, hipertensão, diabetes e sedentarismo, também aumentam o risco junto ao fato de ser divorciado ou viúvo”, disse ela que é responsável pelo departamento de mulheres e de doenças do coração.

Os resultados estariam ligados aos cuidados que os casados recebem de seus cônjuges. “Como os casados tendem a ajudar uns aos outros a ser mais saudáveis , assegurando que seu cônjuge se alimente bem, faça exercícios, tome seus medicamentos e ajude a ir a compromissos, as pessoas casadas tendem a ter menos risco de doenças do coração “, disse a doutora durante o American College of Cardiology.

Os pesquisadores se surpreenderam ao ver que pessoas com menos de 50 anos corriam mais riscos. “A parceria entre casados e uma menor probabilidade de doença vascular é maior entre os jovens, o que não esperávamos”, disse o doutor Alviar.

Entre as pessoas casadas com menos de 50 anos o risco de doenças eram de 12% a menos. Já entre os que casaram entre 51 e 60 anos o número de probabilidade de doenças no coração era 7% menor e entre os que tinham mais de 61 anos era de 4%.

A pesquisa foi realizada entre 2003 e 2008 através de um programa pago para estudar doen;ças cardiovasculares. Os entrevistados tinham entre 21 e 102 anos, mas como a quadidade de minorias raciais e étnicas era desproporcional, os resultados dessa pesquisa podem ser limitados.

Fonte: Gospel Prime
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Olá Marcelo.
    Boa noite...
    Tem que ser um gênio, para fazer uma pesquisa e concluir este pensamento que "Estar casado pode diminuir as chances de desenvolver problemas cardiovasculares".
    Seria melhor dizer o seguinte, "está morando junto com uma pessoa (não importando ser mulher ou homem) a escolha é pessoal, pode contribuir para que tarde problemas cardiovasculares. Por que quando diz "casado" eu imagino que seja no papel e nem sempre precisa casar no sentido, literalmente, vão diminuir ou não estes problemas. Será que meu comentário está muito confuso.É que não sou boa para explicar e às vezes me enrolo mais. Mas apreciei bastante o texto e grata por compartilhar
    Abraços sempre.
    ClaraSol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, muito obrigado por ler e comentar em meu blog, eu que agradeço sua visita, abraço e fica com Deus.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes