Os dez mandamentos foram destinados à Igreja de Cristo ou somente a Israel?


Vemos na Bíblia, a Palavra de Deus, mandamentos específicos para os israelitas, constantes do Antigo Testamento. E mandamentos exclusivos para a Igreja, apresentados ou confirmados no Novo Testamento.

Muitos dos mandamentos para os seguidores de Cristo são novos, inéditos. Alguns até constam da lei mosaica, mas não aparecem no Decálogo, como o que menciona o amor ao próximo (Lv 19.18), o qual o Senhor Jesus apresentou como segundo mandamento, em importância: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mt 22.39).

Há também os mandamentos que foram baseados na lei mosaica. Lembremo-nos de que esta, segundo o ensinamento do próprio Senhor, perdurou até a sua manifestação (Jo 1.17; Rm 10.4). E isso não é pensamento de dispensacionalista! Jesus disse que “todos os profetas e a lei profetizaram até João [Batista]” (Mt 11.13).
Em Lucas 16.16, também está escrito: “A Lei e os Profetas duraram até João; desde então, é anunciado o Reino de Deus”. Quem defende a aplicação da lei mosaica para o povo do Novo Testamento não observa que, naquela época, havia punições de ordem física para quem não cumprisse as ordenanças (Êx 21.23-25). Mas é importante observar que uma parte da lei dada a Moisés foi tomada como base para a formulação dos mandamentos transmitidos à Igreja do Senhor.

Quanto aos dez mandamentos, seus destinatários originais são — clara e inequivocamente — os israelitas (Êx 20.1,2; Dt 5.1-6). A lei mosaica, como um todo, e o Decálogo (um resumo dessa lei) não devem ser guardados pelos cristãos. Entretanto, devemos observar que quase todos os dez mandamentos (nove, mais precisamente) foram retransmitidos pelo Senhor Jesus e pelos apóstolos, de modo ampliado ou modificado.

1) Não terás outros deuses diante de mim. Este mandamento foi repetido aos seguidores de Jesus por Ele mesmo e pelos apóstolos: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e todo o teu pensamento” (Mt 22.27).Trata-se do primeiro e grande mandamento (v.38). Todos os povos da terra devem saber que somente o Senhor deve ser adorado (cf. Mt 4.10; At 19.26).

2) Não farás para ti imagem de escultura [...]. Não te encurvarás a elas nem as servirás.Especificamente sobre imagens de escultura, Paulo falou em 1 Coríntios 12.2: “Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados”. Mas o conceito de idolatria foi ampliado no Novo Testamento (cf. Gl 5.20; 1 Co 5.11; 10.7,14; 1 Jo 5.21).

3) Não tomarás o nome do SENHOR, teu Deus, em vão. Vemos similaridade desse mandamento com 2 Timóteo 2.19: “qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade”.

4) Lembra-te do dia do sábado, para o santificar.Este mandamento foi transmitido exclusivamente aos israelitas e aos estrangeiros que habitassem com eles (Êx 31.13; Is 56). Trata-se de uma aliança, um sinal, entre Deus e Israel (Êx 31.14-18). O Senhor Jesus nunca ensinou os seus discípulos a guardarem o sétimo dia (Mt 12.1-14; Mc 3.4). A instituição da guarda do sábado não se deu em Gênesis 2.1-3. Ali, Deus apenas santificou o sétimo dia, após ter concluído a obra da Criação. A instituição da guarda do sábado se deu oficialmente depois da saída do povo de Israel do Egito (Êx 16 e 20; Dt 5.12-15). Ao contrário do que asseverou Ellen G. White, em O Grande Conflito, e Charles Hodge, em sua Teologia Sistemática, não há nenhuma evidência de que Adão, Enoque, Noé, Abraão, Isaque, Jacó e José guardavam o sábado.

5) Honra a teu pai e a tua mãe. Este é o primeiro mandamento com promessa e foi retransmitido à Igreja do Senhor (Mc 7.10; Ef 6.2).

6) Não matarás. Ao discorrer sobre este mandamento, o Senhor Jesus o ampliou, haja vista o mandamento transmitido aos israelitas não ter previsto punição para agressões verbais (Mt 5.21,22).Observe o que está escrito em 1 João 3.15: “Qualquer que aborrece a seu irmão é homicida. E vós sabeis que nenhum homicida tem permanecente nele a vida eterna”.

7) Não adulterarás. Este mandamento também foi ampliado pelo Senhor, visto que a lei mosaica não contemplava o aspecto psicológico (Mt 5.27-32). Na aludida lei, um adultério só era concretizado quando havia conjunção carnal, e esta era punida com pena de morte (Lv 20.10). A graça, por assim dizer, é mais exigente que a lei mosaica. Por outro lado, a misericórdia divina é maior nesses tempos neotestamentários (Rm 5.20).

8) Não furtarás. A mensagem divina de reprovação ao furto é reprisada e repisada em Efésios 4.28:“Aquele que furtava não furte mais; antes, trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade”.

9) Não dirás falso testemunho contra o teu próximo. Jesus abordou o falso testemunho, ao discorrer sobre o julgamento calunioso: “Não julgueis, para que não sejais julgados” (Mt 7.1).

10) Não cobiçarás. O apóstolo João alude ao pecado da cobiça em 1 João 2.15-17, ao mencionar a concupiscência dos olhos. E Paulo, aludindo aos pecados dos israelitas durante a peregrinação no deserto, alertou: “E essas coisas foram-nos feitas em figura, para que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram” (1 Co 10.6).

Amém?

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

10 comentários:

  1. Caro amigo e irmão no Senhor. Vc não me conhece, meu nome é JOSE. Sinto que vc é um jovem abençoado e dedicado a Deus. Mas, em relação ao assunto, vou ser sincero com vc, quero que seja comigo também.

    Pelo que eu entendi, o Pr Ciro, defende a vigência para a igreja de apenas 9 mandamentos. Não são 10? Mas no manual do obreiro edição de número 57, ano 35, da CPAD, o Pr Ciro, concorda com a vigência de 10 mandamentos. Pois ele concordou em participar do artigo da revista que defende a vigência dos 10. Onde ele encontrou o mandamento perdido? Em nome de Jesus me responda...

    Lei essa postagem: http://eucreionoevangelho.blogspot.com.br/2013/11/a-maior-contradicao-dos-teologos-da-cpad.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até agora, nem o amado irmão e nem muito menos o Pr Ciro, me responderam essa pergunta... Jesus abençoe..

      Excluir
    2. A paz Santo Ministério, eu ainda não respondi por falta de tempo, pois irei analisar para lhe dar uma resposta contundente, mas vc também pode fazer uma resposta no blog do pastor Ciro, abraço e fica com Deus,

      Excluir
    3. Santo Ministério.
      A paz do Senhor irmão Marcelo! Obrigado por responder ao meu comentário. Fiz a mesma pergunta ao Pr Ciro, mas ele não me respondeu. Abraços amado. Leia a postagem e faça as suas análises. Qualquer dúvida sobre o que eu postei, leia o Manual do Obreiro. OS DEZ MANDAMENTO DA LEI DE DEUS. CPAD, Ano 35, Nº 57.

      Excluir
    4. Por nada, é só questão de tempo, que estou numa correria tremenda, abraço e fica com Deus.

      Excluir
  2. Olá Irmão e que a paz de Nosso Deus esteja com vc!
    Então como explicar Mat. 24:20 "E orai para que a vossa fuga não aconteca no inverno nem no Sábado."
    Se Jesus era contra a guarda do sábado porque Ele pediu para que os seus discípulos “Orai para que a vossa fuga não se de nem no inverno e nem no Sábado!” em Mateus 24:20?
    Aqui Jesus está profetizando algo que iria acontecer 40 anos depois de sua morte, a invasão de Jerusalém, e o seu conselho é que orassem para que a invasão não acontecesse num Sábado (Aconteceu numa quarta-feira e não foi no inverno). Por dois motivos Jesus deu este conselho:
    1º) Fugir no inverno seria muito ruim, enfrentariam dificuldades, tinham famílias.
    2º) O dia de Sábado é dia de Adorar e durante a fuga não haveria condições para adorar.
    Mas não podemos nos esquecer:
    Lei não pode salvar, quem salva é JESUS (Atos 4:12)
    Jamais alguém foi, ou será salvo por guardar lei alguma
    A função da lei MOSTRAR QUE SOMOS PECADORES (Romanos 7:7) e que PRECISAMOS DE UM SALVADOR (Gálatas 3:24)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia esta postagem Paulo Nascimento: http://eucreionoevangelho.blogspot.com.br/2013/11/a-maior-contradicao-dos-teologos-da-cpad.html

      Excluir
    2. Olá eucreionoevangelho!

      Li sua postagem e percebi que você é um cristão sincero. Glória a Deus por isso, pois infelizmente muitas pessoas tem fechado suas mentes para a verdade, não sei o porquê disso, talvez por conveniência ou por estar a tanto tempo acreditando em uma coisa que aquilo acabou se tornando verdade absoluta, na verdade eu culpo mais os líderes, pois por causa do cargo que ocupam, muitas pessoas acreditam apenas no que estes líderes dizem. E não pode ser assim. Se não como ficaria nesse caso que vc colocou? Aqueles que são seguidores destas doutrinas como fariam? uma parte acredita nos 10 Mandamentos e outra em 9 mandamentos?! Na verdade cada um de forma individual deve procurar a verdade e se convencer dela.

      Excelente defesa do Sábado feito pelo Pr Brian Schwertley usando apenas Heb. 4:9-10.
      Até porque isto frusta em muito àqueles que usam como argumento que não há nenhum pedido de observância do Sábado no Novo Testamento. Argumento este que para mim é um absurdo, pois por todo N.T. é visto Jesus e seus discípulos guardarem o sábado, inclusive o Apóstolo Paulo como é relatado em Atos 18: 3,4 e 11, que durante 1 ano e 6 meses trabalhava durante a semana e aos sábados ia as sinagogas.

      Gosto das cartas de João, pois este foi quem escreveu os últimos livros da bíblia, e passou por tudo que está relatado no N.T. Em sua 1ª Carta ele diz ''...sabemos que O conhecemos: se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu o conheco, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade...'' e conclui ''...Irmãos, não vos escrevo mandamento novo, mas o MANDAMENTO ANTIGO, que DESDE O PRINCÍPIO tiveste...'' Está lá em I João 2: 3,4,5 e 7.

      E por fim gostaria de lembrar que em Apocalipse 1:10 diz que João foi arrebatado no DIA DO SENHOR, ou seja, para mim está bem claro que existe um DIA DO SENHOR um dia especial, separado, diferente dos demais. Se este dia realmente existe, o único dia que tem tais características em toda a bíblia é o Sábado.

      Continue assim meu amigo, pergunte mesmo, esclareca todas as dúvidas e continue divulgando a verdade.
      Caso tenha interesse segue um link de um blog muito bom que tira as dúvidas a luz da bíblia.

      http://novotempo.com/namiradaverdade/

      Afinal devemos olhar todos os argumentos e todas as explicacões pois o Espírito de Deus te guiará a verdade.

      Que a Graca e Paz de Nosso Senhor Jesus esteja com vc e sua família. Amém!

      Excluir
    3. obrigado por ler e comentar em meu simples blog, abraço e fica com Deus.

      Excluir
  3. Como filhos por adoção somos conhecidos, mais mesmo um filho por adoção recebe o legado e o sobrenome da família, não é mesmo? e também como filhos por adoção temos que obedecer as mesmas regras dos filhos israelitas, ( fuja daqueles que mostram partes da lei e inserem mentiras teológicas para justificarem sua desobediência.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes