Não Quero Restituição.


Restituição é um assunto muito sério, mais do que nos imaginamos, e pelo que me parece está sendo banalizado nas letras das músicas “gospels”. Bom, penso que eles ainda não entenderam o contexto desse assunto, e nem consegue entender. Eu ainda não me vi diante de uma pergunta como essa: Você deseja restituição? Mas, como ninguém me perguntou, eu mesmo vou me perguntar: Adelson, você deseja restituição? Não, eu não desejo. Sabia que a resposta iria ser esta.Então vamos aos fatos:

Primeiro vamos analisar o significado da palavra (Restituição: Entrega de alguma coisa a quem ela por direito pertencia, Pagamento de dívida, Regresso a estado anterior –há seis significados no dicionário mas só preciso desses três mesmo—risos). E agora, vamos ver onde essa palavra se encaixa no Antigo Testamento. “E te restituirei os teus juízes, como foram dantes; e os teus conselheiros, como antigamente; e então te chamarão cidade de justiça, cidade fiel”. (Isaías 1:26), então, aqui vemos a palavra restituição, mas vemos a restituição das boas obras em Israel, pois a calamidade, perversão e falta de amor ao próximo estava tão grande que Deus disse que quando o povo orasse ele não iria ouvir, por isso ele precisa restituir aquele povo, pois eles estavam contrariando toda a palavra. Agora iremos ver um texto em Joel 2:25 “E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgão e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós”. E novamente veremos a restituição, pois pragas assolaram o povo, passaram por necessidades e pra ajudar grandes exércitos pelejavam contra eles constantemente. Então a palavra faz justiça ao significado. 

Passeando pelo Novo Testamento encontrei mais uma vez essa palavra, “E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado” (Lucas 19:8) Agora quem restitui não é Deus, e sim um homem chamado Zaqueu (um publicano, alguém da alta naquela época), e bem sabemos que para ser bem sucedido naquele tempo era necessário fazer um furtos de tempo em tempo, e com ele não podia ser diferente, observe a frase onde ele mesmo se auto acusa “...e se nalguma coisa tenho defraudado alguém”, pois é, ele roubou e como é dever de uma pessoa que tem outra vida (ser nova criatura) andar de forma íntegra ele quis devolver ao povo o que era deles por direito. Novamente a palavra continua seguindo a risca o sentido. 

Ainda temos um caso clássico que é o de Jó, apenas resumindo, ele era um Eike Batista do nosso tempo, pois, imagina este cara perdendo tudo, mas tudo mesmo (inclusive todos os filhos, restou somente a esposa) em apenas um dia, e ainda lidando com uma doença gravíssima, onde ele usava caco de telha para poder coçar as feridas, então você logo imagina que ele gritou: RESTITUI. Não você se enganou ele disse algo bem mansinho, “E disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei para lá; o SENHOR o deu, e o SENHOR o tomou: bendito seja o nome do SENHOR” (Jó 1:21), moral da história um homem íntegro e justo mesmo tendo tudo sabe que nada é dele. E você ainda continua pedindo restituição. 

Mas se eu não estou enganado, músicas que contém essa palavra não estão falando em ter de volta algo que eram deles, querem riquezas que nunca possuíram é uma usura que só, querem ter os lagares transbordando de óleo e vinho sem nunca ter pisado em um. Ah, tinha me esquecido (a amnésia já está me atacando) não estão buscando o reino divino, e sim, o reino terrestre. Pois o mais importante não é o que está por vir e sim o aqui e o agora, então lembre-se “Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” (Mateus 6:21) está entendendo o sentido dessas músicas? O que elas querem repassar para você? Não se deixe enganar, por incrível que pareça você não foi roubado coisa nenhuma.

Bem, agora retornaremos a minha resposta Não em relação de querer restituição. Eu era um morto em delitos e pecados, e isso me acompanhava desde o nascimento, se todas as pessoas estão ou estavam nessa condição e algumas delas nasceram de novo, viraram novas criaturas, diga-me uma coisa, por que e pra que elas iriam querer restituição disso? Já imaginou você pedindo restituição, querendo voltar as velhas práticas. Não, eu não quero restituição, eu não quero de volta o que era meu, eu quero ser destituído de muitas coisas, ainda há práticas que me atormentam, ainda há medo em evangelizar, ainda perco meu tempo com coisas fúteis, ainda tenho dificuldade de manter o autocontrole. Não consigo entender por que uma pessoa que saiu da escravidão e agora está livre quer voltar a ser escravo.

Somente a Deus Seja Toda a Glória

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes