Alguma coisa sobre quem criou o átomo.


Até onde sabemos, o átomo é o menor componente que Deus criou na natureza. Se você se lembra das aulas de física, saberá que o átomo, da mesma forma como a lua gira em torno da terra, é composto por um núcleo central e em volta deste núcleo estão os elétrons girando a uma velocidade igual ou superior à velocidade da luz, o que dá aproximadamente 299.792 km por segundo.

É como se você fosse do Rio de Janeiro a Paris mais de 37 vezes por segundo. Saberá também que os elétrons chegam a dar mais de 20 bilhões de voltas por segundo em torno do núcleo e que a ciência considera a seguinte hipótese: os elétrons giram a uma velocidade tão grande em um espaço físico tão pequeno que é como se eles estivessem em todos os pontos do caminho que percorrem ao mesmo tempo. Por isso as coisas que tocamos são sólidas, porque o elétron está em "todos os lugares", em torno do átomo, ao mesmo tempo.

Agora vamos fazer uma analogia entre você, Deus e o átomo: Imagine que cada volta completa que o elétron dê em torno do núcleo seja uma pessoa, estamos falando então de mais de 20 bilhões de pessoas. Atualmente existem aproximadamente 6 bilhões, caminhando para 7 bilhões de seres humanos habitando na terra. Logo, arredondando os cálculos, caberiam três vezes toda a humanidade dentro dessas 20 bilhões de voltas, correto? Considere agora que o elétron seja Deus, então Ele teria a incrível capacidade de percorrer, pelo menos, cada ser humano da face da terra três vezes por segundo.

O Deus que criou o átomo tão engenhosamente e o espalhou por todo o universo, como matéria-prima de todas as coisas, pode pensar em você, sondar e percorrer a sua vida, pelo menos três vezes por segundo ininterruptamente. Isto é fato! Este é o princípio da onisciência e onipresença de Deus. Deus não pode deixar de sondá-lo ou de ouvi-lo, simplesmente porque Ele está em todos os lugares ao mesmo tempo. Ele “sonda e conhece nossos pensamentos... antes mesmo que a palavra venha à nossa boca o Senhor já a conhece” (Salmo 139.4), um Deus tão grande assim, tão maravilhoso, ainda consegue encontrar em cada um de nós a condição de filhos amados, desejados e preciosos.

É impossível para Deus deixar de amá-lo. Não há nada que façamos que o faça nos amar menos. Por outro lado, também não há esforço, culto ou empenho humano que o faça nos amar mais. A essência de Deus é o amor e este amor foi revelado integralmente em Jesus quando ele se entregou por mim e por você na cruz. Todo amor que poderíamos receber Dele já está ao nosso alcance, a única coisa que podemos fazer, se é que temos quaisquer condições em nossas próprias forças, é deixar esse amor penetrar e fluir em nossas vidas.

A fé é o meio pelo qual esse amor é encontrado e consolidado. Se não cremos, não temos acesso a esse amor, não por limitação de Deus, mas por nossa mente racional e legalista não entender tão generosa e genuína oferta de amor. “Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe, e que é galardoador dos que o buscam. (...) Os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões, Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos. As mulheres receberam pela ressurreição os seus mortos; uns foram torturados, não aceitando o seu livramento, para alcançarem uma melhor ressurreição;” (Hebreus 11.6, 33, 34 e 35)

Permita-me agora dizer-lhe algo sobre esse “agradar a Deus”. O texto escrito aos hebreus não se refere a uma simples troca, um presente, uma tentativa fútil de dar um agrado a Deus por um momento e, com isso, se fazer merecedor de alguma retribuição do Senhor ao nosso favor. O sentido original da palavra “agradar”, no grego, utilizada aqui neste contexto, é “ser agradável continuamente”, “dar prazer a Deus de uma forma especial e santificada”, é uma postura e uma conduta adotada durante a totalidade da nossa existência e não em momentos isolados. Portanto, o galardão ou a bênção alcançados de Deus sobre nós não são uma simples troca, mas é o resultado desse relacionamento diário. Quem vive de forma santificada, separada e consagrada para Deus, não ama o pecado, mas ama a Deus, ama servi-lo e ser fiel porque recebe o amor de Deus como alimento constante para sua vida. Ainda que venhamos a cair ou errar em nossa caminhada, o amor de Deus nos convida sempre a nos reerguermos. Mesmo quando tropeçamos e nos sujamos, Ele ainda nos toma pela mão, nos levanta e nos ajuda a limpar a poeira. Então, recebemos um forte abraço incentivando a continuar caminhando.

Uma das coisas que mais admiro no Senhor é a poderosa capacidade que Ele tem de falar e se fazer compreendido integralmente tanto com o mais intelectual e estudioso cientista, PHD ou algo que o valha, como com o mais humilde dos seres humanos. Sim, Deus consegue romper os ruídos da comunicação e se mover de forma inteligível tanto no coração e na mente do doutor como no entendimento do mendigo. Com linguagens diferentes, simbologias particulares, o Deus que chama cada estrela do universo pelo nome também nos reconhece profunda e individualmente e se relaciona conosco da forma como O compreendemos.

Alguém poderá tentar dar uma forma a Deus, atribuir-lhe conceitos pré-definidos, segundo o seu próprio entendimento ou percepção de mundo, mas nada disso consegue conter a multiforme graça de Deus. A própria Teologia, que é a ciência dedicada ao estudo sobre Deus, se rende à infinita e inefável glória do Senhor, reconhecendo que todo o saber humano a respeito Dele é limitado por si só e qualquer tentativa de qualificá-Lo ou descrevê-Lo não passará de uma mera sombra do que Ele realmente o é.

Para Deus não há limites de comunicação! Ele não precisa de sistemas humanos de comunicação, não precisa de televisão, rádio, internet, livros ou qualquer outra mídia para se comunicar com o homem. Ele pode plantar a semente de sua Palavra e falar poderosamente a cada coração individualmente, seja no meio da multidão ou na intimidade de um quarto solitariamente.

O Deus que está ao seu lado mesmo sem você perceber te abençoe rica, poderosa e sobrenaturalmente!

* Extraído do livro Ovelha Magra

Fonte:http://ovelhamagra.blogspot.com
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Descrição do átomo e da matéria está completamente equivocada. Faça uma rápida leitura dos capítulos 1 e 2 de Electrical Properties of Materials - Solymar & Walsh.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes