O Evangelho da cruz e o “evangelho da loucura”.

Segundo a Bíblia, a Palavra da cruz é loucura para os que perecem, e não para os salvos (1 Co 1.18). Para estes, a comunicação do Evangelho puro e simples é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê (Rm 1.16). Entretanto, hoje, existem celebridades do Mundo Gospel que estão pregando a sua própria loucura, e não o Evangelho que os ímpios e pecadores consideram loucura.
Pessoas que pregam a sua própria loucura cheiram a Bíblia, como se fosse cocaína, mastigam livros comestíveis em público, como se estivessem comendo o Livro Santo, andam como animais quadrúpedes, rugem como leão, batem asas como se fossem levantar voo, derramam cântaros de óleo sobre a própria cabeça ou a dos outros, etc. Essas atitudes insanas, incabíveis, profanas, blasfemas — em alguns casos —, impróprias, infelizes, embora sejam defendidas por fãs enlouquecidos, torcem a mensagem do Evangelho.

O Evangelho que é loucura para os que perecem é o da cruz de Cristo; é oCristianismo puro e simples — título da brilhante obra do pensador cristão C.S. Lewis. Sabe o que é loucura para os que perecem? Não é a famigerada “loucura sem limites” dos “adoradores extravagantes”. O apóstolo Paulo, no Areópago, em Atenas, não cheirou pergaminho, não tocou shofar, não derramou azeite sobre a própria cabeça, não engatinhou, não deu gargalhadas, não pregou a Teologia da Prosperidade, etc. Mas foi tido como louco. Por quê? Em Atos 17.18 temos a resposta: “Porque lhes anunciava a Jesus e a ressurreição”.

Loucura para os que perecem não são as sandices e invencionices do Mundo Gospel. Loucura para os que perecem é amar e pregar a mensagem da cruz. É anunciar para as pessoas que vivem neste mundo tenebroso que o Senhor Jesus, o Deus-Homem, foi concebido por obra e graça do Espírito, no ventre de Maria; que Ele nasceu sem pecado, viveu sem pecado, morreu por nossos pecados e ressuscitou para a nossa justificação.

Amém?

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Cara, não julgue ninguém pelo método de como ela prega o evangelho. A bíblia só é santa se você viver ela( não tenha visão fechada apenas a letra). O que faz uma coisa ser santa não é a coisa em si e sim o homem. Jesus estava curando num dia santo e foi questionado sobre isso, então Ele disse que o homem não foi feito para servir ao dia santo e sim o dia santo para servir o homem. Os discípulos disseram certa feita a jesus que repreenderam um grupo de pessoas que estavam pregando o nome dEle mais não eram da turma dos 12, então Jesus disse que não se deve impedir ninguém de pregar o evangelho. A palavra de Deus nos ensina que existe multiforma e graça em Deus. Se preocupe apenas em pregar o evangelho OK!? Não seja mais um fariseu hipócrita... (falo isso com amor, apenas para lhe abrir os olhos)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A palavra de Deus diz que a sabedoria de "DEUS" é multiforme, e não a dos "HOMENS".
      Concordo com você quando diz que não se deve impedir ninguém de pregar o evangelho, mas que fique bem claro que o que se está pregando é o evangelho, puro e verdadeiro e não qualquer outra forma de paganismo disfarçado, fabricado por homens e rotulado como se de Deus fosse, como tem acontecido nas igrejas evangélicas dos dias atuais. O autor desse post não está sendo hipócrita, mas sim autêntico defensor da verdade que sempre incomoda aqueles que estão em erro.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes