O que você traz na mala?


Certo dia Pedro ouviu falar sobre um lugar paradisíaco, onde tinha um Governante muito respeitado, reconhecido por sua inteligência, paciência, amor, perseverança e várias outras qualidades. Foi informado que havia muitas moradias neste lugar, o padrão de vida era excelente, com todos esses detalhes, ele começou a buscar o caminho, andou por vários cantos da cidade, certo dia achou um ancião, o qual sabia o caminho para o paraíso, como estava muito ansioso para conhecer o lugar, fez logo as malas. O ancião ao perceber Pedro com uma imensa bagagem perguntou-lhe:


- Desculpa-me a indelicadeza, mas o que você traz na mala?

Rapidamente respondeu-lhe Pedro:

- Eu levo: ansiedade, rango, dúvida e orgulho.
Respondeu-lhe o ancião:

- O caminho é estreito e difícil, você não passará com todas essas coisas, terá de deixá-las.

- Eu consigo, sou forte, determinado, além de tudo tenho o melhor desempenho no meu emprego por possuir essas características, ainda por cima sou atleta, certamente aguentarei levar tudo.
  
Ao amanhecer, Pedro resolveu partir, começou a percorrer a trilha, animado e com todo o vigor físico. Após dias de caminhada, percebeu que o orgulho estava pesando.

- O ancião estava certo, a bagagem está pesando muito, irei deixar o orgulho.

Ao deixar o orgulho para traz, sentiu-se muito melhor, percebeu também que tinha suas limitações, sendo impossível prosseguir sozinho. Depois de semanas a caminhar, estava muito ansioso para chegar, logo pensou:

- Já devo estar chegando, há tantos dias estou caminhado!

Só que, mais uma vez a bagagem começou a pesar, Pedro optou por parar e refletir.

- O que tirarei da mala? São coisas as quais carrego a muito tempo, não quero desfaze-me delas, o pior é, não conheço o lugar, irei descansar. 

Ao amanhecer decidiu:

- Vou Deixar a ansiedade, além de pesar muito, tem atrapalhado a minha caminhada, com ela não consigo observar a beleza do caminho, pois fico preocupado com um futuro, ficando sem viver o agora, a partir de hoje irei aproveitar melhor o percurso.
     
Após deixar outra mala, Pedro continuou o percurso, ainda sentia-lhe pesando e muito a sua bagagem, porque levara consigo o rancor e a dúvida, meses depois, parou e analisou, qual das duas malas restantes iria deixar, pensou consigo:

- O rancor está pesando muito, mas como deixar a raiva que sinto dos meus familiares, amigos e outras pessoas, as quais me humilharam, chacotearam-me, despesaram-me, entre outras agressões.

Logo anoiteceu, Pedro adormeceu, ao amanhecer resolveu deixa o rancor, pensando da seguinte maneira:

-  Deixarei o rancor, é a mala mais pesada, afinal o que passou, passou, nada adianta leva-lá comigo.

Ao abandonar a mala do rancor, conseguiu perdoar todos os quais lhe fizeram o mal, sentiu-se muito melhor, com uma enorme diferença de peso sobre suas costas. Após longos anos de caminhada, persistia ainda uma mala: a dúvida, resolveu abri-la e veio o seguinte pensamento:

- Deixei toda uma vida para traz, para trilhar um caminho o qual não conheço, perdi alguns amigos e familiares por ter feito essas escolhas. Mas irei continuar.

Assim fez Pedro, apesar de toda a incerteza prosseguiu, mas percebeu que a dúvida ainda pesava, ao entardecer deitou-se para descansar, neste instante, passou outro rapaz por ele trazendo uma pequena mala chamada fé, este por sua vez andava muito rápido. Pedro resolveu dormir, ao novo dia, acordou iniciando assim a caminhada, durante o percurso achou a mala da fé.

- Irei deixar a mala da dúvida, e levarei a mala da fé, a qual acabei de encontrar.

Percebeu que fora a melhor decisão que tomou, a partir da mala da fé, a sua caminhada ficou muito mais linda, Pedro começou a sorrir. No meio do caminho achou um rapaz retornando, com uma mala da dúvida, e perguntou-lhe:

- Ei rapaz, por que você vai voltando? O caminho é lindo, encantador, volte, vamos juntos.

- Há anos que ando por esse caminho, não encontrei nada, irei voltar, a partir de hoje vou  me divertir, aproveitar melhor a vida, coisa que não fiz porque estava andando por esta estrada, mas desejo-lhe sorte.

Assim fez Pedro, continuando com a fé, após alguns meses caminhando chegou ao paraíso, ficou deslumbrado, foi recebido com uma grande festa, e logo pensou:

- Nossa que festa! Parece até que sou importante.

Foi quando o Rei chegou até ele e disse:

- Você é importantíssimo para mim, dei a minha vida para fazer este caminho, para que  os homens pudessem chegar até aqui.

Então, Pedro percebeu que realmente valeu a pena ter deixado todas as malas para seguir essa trilha, porque o paraíso é lindo, o Rei é bondoso, mais ficou triste porque aquele moço voltou muito próximo da chegada.

Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. JOÃO 14.6. Infelizmente muitos na sociedade não tem coragem de deixar suas malas para seguir a Cristo, Ele não pede para nós negarmos nossos amigos e familiares, o que Jesus deseja é simplesmente que neguemos o nosso eu interior, para que sejamos dignos de irmos até Ele: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.LUCAS 9.23. Muitas vezes não queremos deixar as nossas bagagens para levar as que Deus nos oferece, As bagagens do Senhor são: Amor, perdão, compaixão, entre outros sentimentos, os quais fazem o ser humano crescer espiritualmente. A recompensa virá, mas precisamos tomar uma decisão, até porque a vida é feita de escolhas, você decide por onde andar, tem somente dois caminhos, Cristo e o mundo. Graças a Deus já peguei minha mala da fé, comecei a trilhar o caminho chamado Jesus, e você vai para onde? Espero você no Paraíso, onde não tem choro, angústia, dor, brigas entre outros tormentos, lá reina somente o amor e a paz, fiquem todos com Deus.


Autor: Macelo Carvalho Nascimento


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes