Vivendo com as nossas limitações.


Texto: II Coríntios 12:1-10

Introdução

Uma da grandes desculpas para vivermos uma vida de vitória e utilidade são as nossas limitações. Gostaríamos de apresentar hoje possibilidade de vivermos normalmente com as nossas limitações. Júlio César, Alexandre Máximo, Sócrates, Moliére e muitos outros nomes da história eram epilépticos; Catarina a grande, era deformada e usou um suporte de aço durante 26 anos; Lord Byron tinha um pé torto; Milton e Homero, grandes escritores, eram cegos (Milton escreveu uma obra conhecida mundialmente – o paraíso perdido. E mesmo que não tenhamos empecilhos físicos, há possibilidade de que sejamos prejudicados emocionalmente ou de alguma outra forma. Devemos lembrar que a vida pode ser vivida gloriosamente mesmo que intervenham trágicos empecilhos. A vida pode ser rica, mesmo em condições limitadas. William Carey, o grande missionário foi um sapateiro; David Livingstone foi um ajudante em uma fábrica de tecidos de algodão; John Bunyan, jamais teria escrito “O peregrino” se não tivesse sofrido 12 anos em uma sela estreita do cárcere; Fanny Crosby embora cega, escreveu hinos de fé que continuarão para sempre sendo entoados nos corações dos homens; Bethovem era surdo; e o apóstolo Paulo tinha seu espinho na carne.

Mas nenhum deles se deixou vencer pelas limitações. Nenhum desses homens ou mulheres disse alguma vez: Porque sou pobre não tenho nada a dar; porque sou ignorante não tenho nada a dizer; porque estou injustamente encarcerado vou ficar amargurado com o mundo; etc. Podemos nos despir de nossos empecilhos e limitações e vencê-los porque Deus tem recursos à nossa disposição. Precisamos acima de tudo aprender a viver com nossas limitações. Seja o analfabetismo, seja a enfermidade, seja a pobreza, ou a família – há possibilidade de vitória, seja qual for a nossa limitação. Precisamos apenas ter coragem para lutar e vencer todas as barreiras que surgem em nossas vidas. Paulo tinha as suas limitações; mas qual foi o segredo de seu triunfo, a despeito de todas as provas, fadigas e tempestades por que passou? Espírito de lutador, lutou até o fim.
I- Paulo viveu uma vida de privilégios com as limitações

II Corintios 12:1-6 fala-nos desse privilégio que foi dado a Paulo. Ele fora arrebatado até o paraíso onde ouviu palavras inexprimíveis que não é permitido a um homem referir. Esta experiência acontecera 14 anos antes de escrever esta carta. Nesta época devia estar pregando em Listra e outras cidades da Galácia. Em Atos 14:19 Paulo havia sofrido um atentado “Sobrevieram, porém, uns judeus de Antioquia e de Icônio que tendo convencido a multidão, apedrejaram a Paulo, e o arrastaram para fora da cidade, cuidando que estivesse morto.” Mas os céus haviam se aberto diante dele, onde tivera uma visão. Estava como morto e o espírito como que saindo do corpo fora arrebatado até ao paraíso, viu coisas extraordinárias, que lhe foram proibido contar. Os homens o haviam deixado em estado de coma, sofreu muito, mas Deus lhe compensou o sofrimento, dando-lhe esta maravilhosa visão. Mas foi-lhe dado também um espinho na carne, com a finalidade de não poder gloriar-se do privilégio que o Senhor lhe havia dado. Algo que lhe incomodava muito, e orou três vezes para que lhe fosse tirado, mas Deus lhe respondeu negativamente. E o ajudou a viver com suas limitações. Disse: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.” Devia só aprender a conviver com a dor do espinho que o incomodava.

II- Paulo viveu com as lições do sofrimento

Dr. A. T. Pierson escreveu sobre o sofrimento e disse que parte dele serve para punir, outra parte para corrigir e outra para educar. Isso não deixa de ser verdade! O sofrimento de Paulo foi um sofrimento preventivo, tinha como finalidade impedir que ele tivesse orgulho espiritual em virtude das visões de sua experiência anterior. Não conhecemos a natureza de seu espinho na carne, mas tudo indica que fosse espiritual. Mas também pode ser que ele tenha tido meramente as mesmas limitações que você e eu temos. No entanto ele foi capaz de viver acima dessas limitações e seu exemplo nos leva a agir da mesma forma. O espinho na carne foi um dom útil, e três vezes ele orou para que Deus o tirasse, mas Deus respondeu suas orações dizendo não. “A oração não é um processo pelo qual fazemos Deus mudar de idéia. Oração é um processo que nos torna dispostos a aceitar a Sua vontade”. A vida de Paulo encheu-se de poder depois que ele teve as experiências da visão permanente e do espinho humilhante. A graça divina era suficiente para Paulo que depois disse: “O poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza” Seguindo o privilégio e a dor vem o poder. Quando a tempestade sobrevêm, algumas árvores se curvam e outras se quebram. Paulo havia aprendido o segredo de não quebrar sob pressão. Ele podia dizer: “Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor a Cristo, porque quando estou fraco é que estou forte” v.10. Ele havia descoberto que a graça de Deus havia se aperfeiçoado em meio as suas fraquezas. Deus quer as nossas fraquezas, para através de nós mostrar sua gloria e poder.
III- Paulo descobriu o segredo para viver com as limitações

1- O primeiro dos segredos é o de ser exposto a uma visão permanente. O que é isto? É ter nossa visão centralizada em Cristo e não em nós mesmos. Porque? Porque quando olhamos para nós mesmos, veremos, sem dúvida, as nossas limitações. Quanto mais olhamos para nós, mais veremos nossas falhas e problemas. Por isso precisamos ter uma visão permanente de Jesus, de sua grandeza e de seu poder; então seremos vencedores, independentemente das circunstâncias da vida. Podemos experimentar vitória mesmo com nossas limitações físicas, intelectuais, financeiras ou espirituais…. Se tivermos uma visão permanente de Cristo, não será a enfermidade, a deficiência, a falta de letra, falta de apoio da família ou de recursos que nos impedirão de sermos bênçãos nas mãos de Deus. Porque vamos aprender a viver com as nossas limitações. O maior problema da Igreja atual é a falta da visão permanente que impede o crente de prosseguir em sua vida, tornando-o desanimado e infrutífero. 2-A experiência da dor servirá como espinho humilhante, forçando-nos desta forma a buscar o propósito de Deus para nós, em meio as dificuldades. Quando chegamos ao fim de nós mesmos, depois de tanta luta e cansaço, buscamos então o propósito de Deus para nós. Normalmente, enquanto temos forças e recursos queremos lutar e as vezes contra o propósito de Deus para nossa vida. 3-É nas dificuldades que experimentamos o poder que vem da abundante graça de Deus. “O meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.” Deus deseja nos dar a vitória em nossas limitações.
Conclusão

Viver com as nossas limitações é encontrar o verdadeiro segredo da vida. A grandeza, em muitos casos, nasce da adversidade. Não sei quais são as suas limitações; Paulo tinha um espinho na carne, mas que não lhe prejudicava espiritualmente; pois não podia nunca se exaltar, tinha que viver na inteira dependência de Deus; só contando com a graça divina. Qual é a sua limitação? Talvez seja uma enfermidade! Ou um problema sentimental, ou familiar, ou intelectual, talvez financeiro ou mesmo espiritual; coloque tudo diante do Senhor. Você descobrirá que o Senhor o quer assim mesmo, ele deseja fazer de você uma bênção, Ele quer manifestar Seu poder em tua vida. Não fique pedindo pra Ele tirar suas limitações, aprenda a conviver com elas. Precisamos entender o propósito de Deus para nossas vidas, então viveremos uma vida vitoriosa mesmo com nossas limitações, basta que você tenha fé e coragem para lutar.

Autor: Pr. Cirino Refosco

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes