Escravos da Religião.

E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona.
E era trazido um homem que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam.
O qual, vendo a Pedro e a João que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola.
E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós.
E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa.
E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.
E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram.
E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus.
E todo o povo o viu andar e louvar a Deus;(At 3.1-9)

Amados, gostaria de fazer uma abordagem muito séria neste estudo de hoje: a escravidão religiosa. A bíblia é muito clara quanto a isso. Diversas passagens nos mostram o quanto o sistema religioso, seja ele qual for,é falido e incapaz de transformar a vida de alguém.
o próprio judaísmo estava sendo questionado por homens que desempenhavam um papel social bem intenso naqueles dias ,como João Batista e o nosso Senhor Jesus Cristo.

O maior símbolo religioso dos israelitas era o Templo de Salomão, neste caso o terceiro templo, reformado por Herodes e destruído por Tito.


A vida social daquela comunidade gravitava em torno do Templo, inclusive, a sua verdadeira função já havia sido deturpada, pois a casa de Deus deveria ser uma casa de oração, e não um pólo comercial de homens.


Por duas vezes Jesus questionou e condenou as ações dos homens quanto ao templo. Chegou a irar-se pelo zelo da casa de seu Pai, virando as mesas e gritando: A casa de meu Pai é casa de oração, todavia vocês fizeram dela um covil de salteadores( casa de ladrões)


Parece que hoje a história se repete, pois existem muitos ladrões vestidos de terno e gravata usando a casa de Deus para seu próprio enriquecimento.


Sabemos que por diversas vezes o templo de Jerusalém foi destruído por povos inimigos. Deus permitia isto para disciplinar seu povo. Os israelitas acreditavam que enquanto o templo estivesse de pé, Deus os protegeria. Muitas vezes também, sacerdotes e profetas profanaram o templo de Deus com suas imundícias e imoralidades idólatras, por causa disso, Deus tinha de purificar sua casa, julgando os ímpios e poupando os justos.


Infelizmente a corrupção humana faz com que os homens manchem até mesmo aquilo que Deus santificou. O templo por muitas vezes tornou-se um símbolo idólatra, como a arca, a serpente de bronze, etc. Deus abomina idolatria, e entre ter um templo dedicado a seu nome e ver seu povo desviando sua adoração a um templo de tijolos, Deus sempre preferiu ficar sem " casa ".


Deus não habita em templos feitos por mãos humanas- Estevão e Paulo disseram isso, porque sabiam que o trato dado pelos judeus àquele templo era algo que não agradava a Deus. Era Deus quem devia ser honrado, era Deus quem devia ser exaltado e não seu templo.


Jesus certa feita disse: Aquele que está dentro do templo é maior que o templo(o próprio Jesus). O Senhor também disse: Derrubem este templo e em três dias eu o levantarei( neste caso falava de seu próprio corpo).


O templo veio para substituir o tabernáculo mosaico, e Cristo veio para substituir o Templo Salomônico.

Vejamos:


1- Jesus tabernaculou entre os homens:
E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.(Jo 1.14)

2- Jesus disse que ele era o verdadeiro Templo de Deus: Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.
Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias?
Mas ele falava do templo do seu corpo.(Jo 2.19-21)

3- Em Jesus habita toda a divindade:Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade;(Cl 2.9)- como se ele fosse um templo...

4-A igreja é tratada como o corpo de Cristo: E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.(Cl 1.18)

5- Somos o Templo do Espírito Santo:Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?(I Co 6.19)

Na verdade, aquele templo de Salomão era apenas uma sombra das coisas vindouras. Cristo substitui aqueles velhos ritos, que a ninguém aperfeiçoou, e do mesmo modo, nós nos tornamos o templo de Deus, quando Cristo envia aos nossos corações seu Espírito que clama Abba pai.

O que quero dizer é que Deus nunca planejou escravizar as pessoas com ritos religiosos, com regras e mais regras que nada operam no ser humano. O próprio Deus decidiu habilitar no homem , pois somente assim este poderá ser transformado.


O que Jesus predisse: Não ficará aqui pedra sobre pedra, se cumpriu com a invasão de Tito, que profanou o templo e o destruiu, restando somente o que hoje conhecemos como o muro das lamentações.


o que isto significa?- Deus pôs um fim na antiga lei e pôs um fim a soberba e a auto confiança daquele povo materialista. A verdadeira adoração é em Espírito e verdade, independe de lugar ou rito.


A antiga aliança servia apenas para mostrar o quanto era impossível o homem cumprir toda a justiça de Deus, e que ele só poderia ser salvo com a ajuda de Deus e não por seus próprios esforços. Mas o ser humano é soberbo e só aprende quebrando a cara, como se diz no popular.


A nova aliança feita em Cristo é melhor e mais excelente que a antiga, que já estava envelhecida. As palavras de Deus não mais seriam escritas em tábuas de pedra, mas no coração do homem.


Vemos que a indumentária judaica servia muito mais para satisfazer a carne do que o espírito. Eles guardavam dias de festas, de lua, não comiam todo alimento, eram cheios de não me toque. Porém Cristo aboliu tudo isto. Ele libertou nossas consciências e por isso ninguém deve nos atormentar com estes pretextos de ritos .Cristo cumpriu toda a lei.


Jesus censurou bastante os fariseus. Toda aquela aparência de piedade não tinha eficácia, era só aparência. Jesus conhecia suas vidas no íntimo e sabia que por dentro eles eram apenas ossos apodrecidos.Aqueles religiosos honravam a Deus, mas apenas com os lábios, pois seus corações estavam a milhas de distância de Deus.


A religião de fato escraviza o ser humano. Perceba que os religiosos confiam em suas ações( dízimo, ofertas, jejum, oração)-não que essas coisas sejam ruins em si, mas os religiosos escondem-se e apóiam-se sobre estes.


Vimos a história de um coxo que desde o pequeno mendigava esmolas na porta de um templo. Ele era posto ali para pedir ajuda aos homens. Agora eu te pergunto: Por que esta história entrou na bíblia?


Vejamos:


Deus queria retratar uma verdade inquestionável: somente ele e mais ninguém pode resolver os problemas humanos.


1- Aquele mendigo estava acostumado com sua vida miserável

2- Todos os dias ele estava no templo
3- Todos os dias ele esperava que homens lhe carregassem até a porta formosa
4- Todos os dias ele esperava que homens lhe dessem alguma ajuda
5- Ele buscava apenas coisas terrenas
6- Mesmo estando em um templo suas preces eram sempre voltadas aos homens
7- Seu estado físico revelava a condição daquela religião( atrofiada desde nascença)
8- Seu estado físico revelava a estagnação dogmática dos homens( não faz ninguém andar)
9- O milagre serviu como repreensão àquela nação religiosa e doente.
10- Mesmo o templo sendo rico, tendo ouro e prata, não pôde resolver os problemas daquele que estava todos os dias lá.
11- A presença daquele mendigo revelava a dureza de coração daqueles homens religiosos, que excluíam e não amavam seu próximo.

Hoje tenho visto que a coisa não mudou muito. Há muitas religiões no mundo, porém o mundo vai de mal a pior. O mundo está parado no tempo, não anda, não cresce. Os homens são cativos de dogmas e tradições humanas e por isso são escravos de pés aleijados. Necessitam de santos milagreiros, de amuletos, de favores humanos.


Jesus liberta, dá autonomia para andarmos com nossos próprios pés e para adorarmos a Deus com alegria.


Não foram Pedro e João que curaram este homem, mas foi Jesus, o nazareno, o mesmo que foi crucificado e que ressuscitou. É ele o descanso, o verdadeiro Templo de Deus, o verdadeiro Sábado, a verdadeira Páscoa, o verdadeiro Sumo sacerdote, o verdadeiro sacrifício. Jesus é a verdadeira religião com Deus.


Infelizmente, muitos crêem que precisam de Valdomiro, Silas, RR Soares e tantos outros para receberem algo de Deus.

É verdade que sem Pedro e João aquele homem continuaria coxo,Porém a atitude destes dois apóstolos mostra que de fato Deus os podia usar.

Pedro e João estavam indo ao Templo buscar a Deus em oração, enquanto aquele coxo estava ali para pedir ajuda aos homens. Quem você imita? Pedro, João ou o coxo?


Poderia falar do homem da mão mirrada que estava no templo e que em partes representa a atrofiamento religioso, incapaz de ajudar alguém, incapaz de dar uma mãozinha a quem realmente precisa. Na verdade a religião reforma o homem, principalmente por fora, mas Jesus transforma, cura e liberta de verdade.


Não seja um escravo de dogmas, costumes e tradições humanas, creia em Jesus, pois ele satisfaz todas as exigências divinas.


Que você possa se levantar deste estado de ruína espiritual, que mesmo freqüentando um templo, não pôde usufruir da liberdade de dançar na presença do eterno. Que mesmo estando na porta do templo, ainda não pôde livrar-se das imposições humanas, que passam por ti e não fazem nada.


Lembra-se dos pais do jovem cego, curado no tanque de Siloé? Quase foram expulsos do templo, só porque sabiam que Jesus havia curado a cegueira de seu filho. o Jovem foi de fato expulso da religião, mas Jesus o recebeu de braços abertos.


Quando Jesus restaura nossa visão somos levados até ele, e mesmo que quebremos os protocolos religiosos, sabemos que estamos nele, no filho de Deus.


A religião humana é chantagista, hipócrita, falida, aleijada, cega, mirrada e excludente.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. boa tarde! a religião é uma doença , as pessoas firmam-se nela e fazem dela seu sustento, defendem a mesma até os ultimos instante, brigam por ela e a cham que na religião está a salvação. jesus disse; eu sou o caminho a verdade e a vida.a verdade está nas escrituras, as religioes de hoje são mundanas , comodistas, muitas mercenárias e outros fatores escandalosos que prefiro não relatar. jesus dará suas contas naquele grande dia . vigiem amados !!! só jesus salva e leva para o céu de gloria. a paz a todos !!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes