O que significa batismo?


O batismo com certeza é algo conhecido por quase todas as pessoas. No entanto, com certeza, não entendido pela maioria. Há muita confusão a respeito do real sentido do batismo, por isso, com este artigo esperamos elucidar de forma simples algumas dessas dúvidas.

O batismo cristão foi instituído por Jesus Cristo: "Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado." (Mt 28. 19-20)


Batismo significa um ato no qual se usa a água como símbolo da purificação que já aconteceu na vida de uma pessoa, ou seja, alguém é alcançado por Deus, arrepende-se de seus pecados, é purificado, justificado por Jesus pela fé e, então, se torna Seu discípulo. A partir daí a pessoa é batizada selando essa transformação e purificação que já aconteceu em sua vida. O batismo também representa um compromisso da pessoa com Deus e com Sua obra.
 Muitas pessoas confundem-se achando que o batismo salva. Como presbítero converso com muitos “novos convertidos” que vêm de outras religiões e que tem uma pressa gigantesca em batizar-se. Quando questionados, eles logo associam que precisam ser batizados para que sua salvação seja selada ou alcançada.
É um erro pensar assim, pois a salvação é pela fé e não pelo batismo. Para ilustrar cito o ladrão da cruz. Ele foi salvo? As palavras de Jesus mostram que sim, veja: “Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.” (Lc 23. 43). Ele foi batizado? Não! Se o batismo fosse uma condição essencial para a salvação o ladrão da cruz não poderia ser salvo.
 É claro que esse fato não diminui a importância do batismo, pois o batismo é um símbolo (um sacramento) importante (que vem de Deus) e que deve ser recebido pelos que foram purificados por Jesus pela fé. O que não precisa é haver pressa e desespero, que resultam em batismos mecânicos e sem sentido. Muitas denominações batizam pessoas quase por atacado, sem ao menos acompanhar essas pessoas em um discipulado e explicar a elas as coisas básicas a respeito do arrependimento e sobre a obra de Cristo. Levantou a mão já batizam. Repito: Batismo não salva ninguém. Quem salva é Jesus. Todos os que foram alcançados por Jesus serão salvos, no entanto, nem todos os que foram batizados serão salvos, somente o serão os que foram verdadeiramente alcançados por Jesus.

Quando à forma existem pelo menos três formas de batizar praticadas pelas igrejas. Antes de mencioná-las é importante frisar que não há um único caso na Bíblia em que seja dito explicitamente a forma que se deve ministrar o batismo. Como Calvinista sou adepto da aspersão. Vejamos:


Aspersão: A água é borrifada sobre a pessoa. Aqui não há a necessidade de piscinas ou de um deslocamento aonde há um rio. Apenas uma vasilha com água é suficiente.


Imersão: Na imersão a pessoa é colocada dentro da água e levantada pelo ministro. Normalmente é realizada em um rio ou em alguma piscina.


Efusão: Bem parecida com a aspersão. A água é também jogada na cabeça da pessoa.



Autor: Por André Sanchez
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Contatos

Nome

E-mail *

Mensagem *

TRADUTOR

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
DEMAIS IDIOMAS

LOCALIZAÇÃO E PAÍSES DOS VISITANTES

Copyright © Macelo Carvalho | Traduzido Por: Mais Template

Design by Anders Noren | Blogger Theme by NewBloggerThemes